sexta-feira, 14 de março de 2008

Como não fazer lulas :(

Estou quase a desistir.
Ontem fiz lulas para o jantar. Se eu vos disser que a minha filha acabou por comer um pão com fiambre, já ficam com uma ideia de como ficaram as lulas, não?
Estavam tão más, que nem tive coragem de a obrigar a comer, apesar de eu ter engolido o que estava no meu prato em menos de nada (para despachar o suplício e também para que ela pensasse que até era bom).
Decididamente, não tenho jeito mesmo nenhum para a culinária. Por vezes, até faço uma coisa comestível, mas a verdade é que nem sei bem como. Da segunda vez que tento chegar ao mesmo resultado, sai-me uma desgraça sem remédio possível.
«Come, vá lá! Tu gostas de lulas! E são iguais às que eu fiz no outro dia, portanto...» - dizia-lhe eu. «Então porque é que têm uma cor diferente?» - perguntava ela, desconfiada.
Apeteceu-me dizer o que estava a pensar: «porque pus tomate a mais, deixei cozer tempo de mais, deitei cerveja porque não tinha vinho branco e fui descuidada em todo o processo. Como é que haviam de ficar iguais às da outra vez?!»
Nem tirei fotografia, porque não merecem :(

4 comentários:

Alecrim disse...

Esquece essas lulas. Põe a receita das outras, das que ficaram boas. A cozinha dos bons cozinheiros é cheia de insucessos de que não reza a história. Penso eu de que.

Anónimo disse...

Ninguém faz tudo bem à primeira...
Vai tentando! E não desistas...
Bjs
Pipa

Daniela Mann disse...

ah ah ah ah ah
Acontece!

Anónimo disse...

Experimenta assim: colocas um fio de azeite e cebola picada e tomate aos cubos(tomate maduro ou daquele que vem em lata). Deixas refogar e colocas as lulas, SEM SAL (senão ficam rijas). Adicionas água e deixas cozer (na panela de pressão é muito rápido!!). Depois de cozidas provas e colocas sal q.b. Podes adicionar natas e deixar o molho engrossar. BOA SORTE!!